Search
Close this search box.

Moraes reativa redes sociais de Nikolas Ferreira e outros influenciadores políticos

Moraes reativa redes sociais de Nikolas Ferreira e outros influenciadores políticos
Imagem: Reprodução/Twitter
WhatsApp
Facebook
LinkedIn
Twitter
Telegram

Presidente do TSE analisou um pedido feito pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, autorizou nesta quinta-feira (8) a reativação das redes sociais de deputados federais apoiadores do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), que questionaram o resultado das eleições.

A decisão do presidente da Corte liberou os perfis de três parlamentares: Major Vitor Hugo (PL-GO),  Nikolas Ferreira (PL-MG) e Gustavo Gayer (PL-GO), além de Marcel Van Hattem, do partido Novo.

Mores analisou um pedido feito pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), que mencionou “a reconsideração das decisões que determinaram a suspensão de perfis de deputados federais nas redes sociais, dada a relevância dessa forma de comunicação para o exercício pleno das atribuições do mandato parlamentar”.

Apesar da nova determinação, Moraes fixou uma multa diária de R$ 20 mil caso os parlamentares voltem a publicar informações consideradas falsas sobre o processo eleitoral brasileiro.

Outros bloqueios

Outros perfis de parlamentares e influenciadores digitais bolsonaristas continuam bloqueados pelo TSE por questionamentos sem provas às urnas eletrônicas e ao sistema eleitoral. É o caso das redes dos deputados federais reeleitos Carla Zambelli (PL-SP); Bia Kicis (PL-DF); José Medeiros (PL-MT); e do deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ).

 

 

 

Para mais notícias clique aqui e também nos siga nas redes sociais @maisvipoficial

Fonte: O Tempo com informações de Metrópoles

COMPARTILHE:

publicidade