Search
Close this search box.

Beyoncé se torna artista mais premiada da história do Grammy

Beyoncé se torna artista mais premiada da história do Grammy
Beyoncé recebe Grammy e se torna maior vencedora da história do prêmio — Foto: KEVIN WINTER / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP
WhatsApp
Facebook
LinkedIn
Twitter
Telegram

Beyoncé se tornou a artista mais premiada da história do Grammy após suas vitórias pelo álbum Renaissance, na edição 2023 do prêmio, que ocorreu neste domingo (5).

Emocionada, a cantora começou o seu discurso agradecendo a Deus, depois citando o seu tio Johnny (“que está aqui em espírito“) e a comunidade queer (“por seu amor, e por inventar esse gênero”).

Com 32 estatuetas, a cantora ultrapassou o recorde que pertencia ao condutor de orquestras Georg Solti, que venceu 31 Grammys até sua morte, em 1997.

Beyoncé começou a noite vencendo o Grammy de melhor gravação de dance/música eletrônica por “Break My Soul”, o principal hit do Renaissance. Nas horas seguintes, ela também faturou melhor canção de R&B por “Cuff It” e melhor álbum de dance/eletrônica.

Já pelo lado brasileiro, Anitta foi indicada para melhor cantora revelação. No entanto, a vencedora foi a artista de jazz Samara Joy, de 23 anos. A cantora teve o perfil nas redes sociais invadido por brasileiros fãs de Anitta.

Na cerimônia prévia, o grupo MPB Boca Livre venceu o prêmio de melhor álbum de pop latino, com “Pasieros”. Nos telões do evento, as fotos de Erasmo Carlos (1941-2022)  e Gal Costa (1945-2022) foram exibidas.

Representando a música latino-americana, o rapaz Bad Bunny embalou o início do Grammy. Ele foi o vencedor com melhor álbum de música latina com “Un Verano Sin Ti”.

Leia lista de vencedores desta edição

ÁLBUM DO ANO

  • ABBA – “Voyage”
  • Adele – “30”
  • Bad Bunny – “Un Verano Sin Ti”
  • Beyoncé – “Renaissance”
  • Brandi Carlile – “In These Silent Days”
  • Coldplay – “Music of the Spheres”
  • Harry Styles – “Harry’s House” (vencedor)
  • Kendrick Lamar – “Mr. Morale & the Big Steppers”
  • Lizzo – “Special”
  • Mary J. Blige – “Good Morning Gorgeous (Deluxe)”

GRAVAÇÃO DO ANO

  • “Don’t Shut Me Down,” ABBA
  • “Easy on Me,” Adele
  • “Break My Soul,” Beyoncé
  • “Good Morning Gorgeous,” Mary J. Blige
  • “You and Me on the Rock,” Brandi Carlile feat. Lucius
  • “Woman”, Doja Cat
  • “Bad Habit,” Steve Lacy
  • “The Heart Part 5,” Kendrick Lamar
  • “About Damn Time,” Lizzo (vencedor)
  • “As It Was,” Harry Styles

MÚSICA DO ANO

  • Adele – “Easy on Me”
  • Beyoncé – “Break My Soul”
  • Bonnie Raitt – “Just Like That” (vencedor)
  • DJ Khaled Featuring Rick Ross, Lil Wayne, Jay-Z, John Legend & Fridayy – “God Did”
  • Gayle – “ABCDEFU”
  • Harry Styles – “As It Was”
  • Kendrick Lamar – “The Heart Part 5”
  • Lizzo – “About Damn Time”
  • Steve Lacy – “Bad Habit”
  • Taylor Swift – “All Too Well (10 Minute Version) (The Short Film)”

REVELAÇÃO DO ANO

  • Anitta
  • Omar Apollo
  • Domi & Jd Beck
  • Muni Long
  • Samara Joy (vencedor)
  • Latto
  • Maneskin
  • Tobe Nwigwie
  • Molly Tuttle
  • Wet Leg

MELHOR PERFORMANCE SOLO POP

  • Adele – “Easy on Me” (vencedor)
  • Bad Bunny – “Moscow Mule”
  • Doja Cat – “Woman”
  • Harry Styles – “As It Was”
  • Lizzo – “About Damn Time”
  • Steve Lacy – “Bad Habit”

MELHOR PERFORMANCE POP DUO OU GRUPO

  • ABBA – “Don’t Shut Me Down”
  • Camila Cabello Featuring Ed Sheeran – “Bam Bam”
  • Coldplay & BTS – “My Universe”
  • Post Malone & Doja Cat – “I Like You (A Happier Song)”
  • Sam Smith & Kim Petras – “Unholy” (vencedor)

MELHOR ÁLBUM POP VOCAL

  • ABBA – “Voyage”
  • Adele – “30”
  • Coldplay – “Music of the Spheres”
  • Harry Styles – “Harry’s House” (vencedor)
  • Lizzo – “Special”

MELHOR ÁLBUM DANCE/ELETRÔNICA

  • Beyoncé – “Renaissance” (vencedor)
  • Bonobo – “Fragments”
  • Diplo – “Diplo”
  • Odesza – “The Last Goodbye”
  • Rüfüs Du Sol – “Surrender”

MELHOR ÁLBUM DE RAP

  • DJ Khaled – “God Did”
  • Future – “I Never Liked You”
  • Jack Harlow – “Come Home the Kids Miss You”
  • Kendrick Lamar – “Mr. Morale & the Big Steppers” (vencedor)
  • Pusha T – “It’s Almost Dry”

MELHOR ÁLBUM DE MÚSICA URBANA

  • Bad Bunny – “Un Verano Sin Ti” (vencedor)
  • Daddy Yankee – “Legendaddy”
  • Farruko – “La 167”
  • Maluma – “The Love & Sex Tape”
  • Rauw Alejandro – “Trap Cake, Vol. 2”

MELHOR MÚSICA DE R&B

  • Beyoncé – “Cuff It” (vencedor)
  • Jazmine Sullivan – “Hurt Me So Good”
  • Mary J. Blige – “Good Morning Gorgeous”
  • Muni Long – “Hrs & Hrs”
  • PJ Morton – “Please Don’t Walk Away”

MELHOR ÁLBUM DE COUNTRY

  • Ashley McBryde – “Ashley McBryde Presents: Lindeville”
  • Luke Combs – “Growin’ Up”
  • Maren Morris – “Humble Quest”
  • Miranda Lambert – “Palomino”
  • Willie Nelson – “A Beautiful Time” (vencedor)

 

 

 

Para mais notícias clique aqui. Nos siga nas redes sociais! @maisvipoficial

COMPARTILHE: