Search
Close this search box.

Comentaristas do Catar ironizam protestos da Alemanha após eliminação; veja

Comentaristas do Catar ironizam protestos da Alemanha após eliminação; veja
Comentaristas ironizaram a eliminação da Alemanha na Copa — Foto: Reprodução
WhatsApp
Facebook
LinkedIn
Twitter
Telegram

Protesto dos alemães foi motivado pelas ameaças da Fifa caso as seleções utilizassem a braçadeira One Love

 

A eliminação da Alemanha desta Copa do Mundo fez com que comentaristas de futebol do Catar ironizassem, durante uma transmissão nesta quinta-feira (1), o gesto de “cala boca” feito pelos jogadores durante a estreia, contra o Japão.

O protesto foi motivado pelas ameaças da Fifa caso as seleções utilizassem a braçadeira One Love (um amor), em apoio à causa LGBTQIA+.

No vídeo publicado nas redes sociais, os comentaristas aparecem fazendo o gesto e dando “adeus” à seleção, que ficou em 3º lugar do grupo apesar de vencer a Costa Rica na última rodada –o Japão, que venceu a Espanha, ficou com a liderança do grupo.

Antes da partida contra o Japão, pelo grupo E da Copa do Mundo de 2022, no Qatar, os onze jogadores titulares posaram para a foto oficial com a mão sobre a boca, em sinal de censura.

Sete seleções europeias planejavam usar a braçadeira colorida “One Love” (um amor), em favor da inclusão e contra a discriminação. Inglaterra, País de Gales, Bélgica, Dinamarca, Alemanha, Holanda e Suíça, porém, desistiram após a entidade máxima do futebol anunciar que puniria os capitães com cartão amarelo. As federações criticaram a inflexibilidade da Fifa.

“Com a nossa braçadeira de capitão, quisemos dar o exemplo pelos valores que vivemos na seleção: a diversidade e o respeito mútuo. Não se trata de uma mensagem política: os direitos humanos não são negociáveis”, afirmou a federação alemã em nota nas redes sociais.

 

 

Para mais notícias clique aqui. Nos siga nas redes sociais! @maisvipoficial

(Folhapress)

COMPARTILHE: