Search
Close this search box.

BBB 23: enfermeiro em hospital do DF, Cezar Black é investigado por “abandono de emprego”

Foto ilustrativa: Globo/reprodução
WhatsApp
Facebook
LinkedIn
Twitter
Telegram

Cezar Black está no BBB desde 16 de janeiro. Unidade de saúde abriu procedimento para apurar “faltas injustificadas”

Enquanto foge do paredão no Big Brother Brasil, o participante do BBB Cezar Black corre o risco de ser “eliminado” como profissional de saúde na rede pública. O Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB/Ebserh) abriu um processo contra ele para apurar a denúncia de abandono de emprego.

O enfermeiro está na casa mais vigiada do Brasil há 79 dias e “passou a acumular faltas injustificadas” a partir de fevereiro, conforme informou a unidade de saúde. De acordo com o HUB, Cezar estava de férias em janeiro. O Big Brother Brasil 2023 teve início em 16 de janeiro do mesmo ano.

Ainda segundo o HUB, em fevereiro, Black tirou abonos e usou banco de horas, mas teve faltas injustificadas que geraram o respectivo desconto na folha de pagamento no mês de março em diante.

De acordo com o Portal da Transparência do hospital universitário, Black teve como vencimentos R$ 9.024,90 (bruto) no contracheque de janeiro e R$ 8.185,82 (bruto) na folha de pagamento de fevereiro.
Como os contracheques são disponibilizados a partir do dia 10 do mês subsequente, a folha de pagamento de março estará disponível a partir de 10/04, conforme informou nota do hospital. Black é concursado do HUB desde 2014 e deve cumprir 36 horas semanais.

Hospital de Taguatinga

Além de ser servidor do governo federal, Cezar Black é enfermeiro neonatal no Hospital Regional de Taguatinga. Desde que ficou confinado no programa televisivo, o brother já acumulou R$ 20.436,87 em pagamento bruto. Em fevereiro, mês do seu aniversário, o BBB recebeu, de salário e 13º, R$ 13.624,58.

O que diz a Saúde

De acordo com o Artigo nº64, da Lei nº 840, é considerado abandono de cargo quando há faltas injustificadas por mais de 30 dias consecutivos. Cezar Black ocupa cargo como servidor efetivo na rede pública de saúde do DF desde 2018.

 

Para mais notícias clique aqui. Nos siga nas redes sociais! @maisvipoficial

Fonte: Metrópoles

COMPARTILHE: