Search
Close this search box.

ENEM E SAÚDE MENTAL

Psicóloga Larissa Souza - Foto: Fernanda Nunes
WhatsApp
Facebook
LinkedIn
Twitter
Telegram

Um dos assuntos mais comentados nos últimos dias, um evento tão aguardado e, muitas vezes, temido: o Exame Nacional do Ensino Médio, o famoso Enem. Estudantes de todo o país se preparam ao longo de meses e até mesmo anos para a realização do exame. Porém, um fator extremamente importante nessa trajetória de preparação costuma ser esquecido por muitos: o cuidado com a saúde mental.

A busca por aprender todos os conteúdos, a rotina exaustiva de estudos, as possibilidades que o exame proporciona, a pressão interna e externa – tudo isso pode gerar muita ansiedade, estresse e afetar de forma significativa a saúde mental dos estudantes. Manter o equilíbrio emocional ao longo da preparação para o Enem e durante a realização da prova é fundamental para garantir um bom desempenho.

Manter o equilíbrio entre os estudos e momentos de descanso é indispensável. Ter uma boa noite de sono, se alimentar de forma mais saudável e realizar atividades que proporcionem relaxamento, como meditação, são hábitos que contribuem e muito nesse processo.

É inegável a importância do Enem e seus impactos na vida pessoal e profissional de cada um. Porém, é preciso atentar-se para a forma como projetamos o exame na vida de nossos estudantes. Às vezes, acabamos relacionando o sucesso e condicionando o futuro somente ao resultado da prova, gerando uma pressão ainda maior sob aqueles que por si só já se encontram, muitas vezes, esgotados. Nossa contribuição, como sociedade, nesse processo de cuidado com a saúde mental dos estudantes também é muito importante: auxiliando e sendo ponto de apoio acima de qualquer resultado.

 

Por:

Larissa Souza e Silva

Psicóloga – CRP 04/53514

Pós-Graduada em Saúde Mental, Psicopatologia e Atenção Psicossocial

@larissasouzapsi

[email protected]

COMPARTILHE: