Search
Close this search box.

Brasil recebe primeiras vacinas contra varíola dos macacos

Brasil recebe primeiras vacinas contra varíola dos macacos
Imagem: Ramon Bitencourt
WhatsApp
Facebook
LinkedIn
Twitter
Telegram

O Brasil recebeu o primeiro de lote de vacinas contra a varíola dos macacos (monkeypox), de acordo com o Ministério da Saúde. A remessa, com 9,8 mil doses, desembarcou no Aeroporto de Guarulhos (SP) na última terça-feira (4). Ao todo, o Ministério da Saúde comprou cerca de 50 mil doses via fundo rotatório da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e os próximos lotes devem ser entregues até o fim de 2022.

Segundo a pasta, os imunizantes serão utilizados para a realização de estudos sobre efetividade, imunogenicidade e segurança da vacina contra a varíola dos macacos e, assim, orientar a decisão dos gestores. A vacina em questão atualmente é utilizada contra a varíola humana ou varíola comum (doença erradicada). A pesquisa será financiada pelo Ministério da Saúde, coordenada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e apoiada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Inicialmente, os grupos incluídos são as pessoas em pós-exposição, ou seja, que tiveram contato prolongado com caso confirmado de varíola dos macacos e pessoas em pré exposição, que fazem uso de profilaxia pré-exposição (PrEP) ou em tratamento com antirretroviral para HIV.

Segundo o Ministério da Saúde, serão divulgados em breve os centros de pesquisa que serão incluídos, considerando as cidades com elevados números de casos confirmados da doença e a infraestrutura disponível para a condução do estudo.

 

 

 

 

COMPARTILHE:

publicidade