Espetáculo de dança, música e teatro integram a programação da segunda semana do Festival de Verão no Teatro do Centro Cultural Usiminas, em Ipatinga. Na próxima sexta-feira (24/1), estreia o show do grupo Viola no Trilho (MG), às 20h.

No dia seguinte, sábado (25/01), o palco do Teatro será da Trupe Iá Pocô (ES), que apresenta, às 20h, o espetáculo “Cortiço dos Anjos”. Já no domingo (26/01), serão apresentadas duas peças “De Toda Cor?”, às 17h; e “Cesariana”, às 20h. Também no domingo, dessa vez no Teatro Zélia Olguin será apresentado “Fragmentos”, da Orfeu Cia. De Dança (MG), às 19h. As apresentações têm patrocínio da Usiminas e realização do Instituto Usiminas por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Nesta edição o Festival de Verão oferece o Ingresso Solidário – pagamento de meia-entrada para todos, mediante doação de 1 quilo de alimento não perecível. As arrecadações serão destinadas para entidades assistenciais do Vale do Aço.

O grupo “Viola no Trilho” traz um compilado de seus cinco anos de histórias, revivendo sua trajetória com canções regionais em versões incríveis. A apresentação traz canções com uma temática especial, que evidenciam mineiridade em cada verso e poesia.

Inspirada nas obras de Nelson Rodrigues e Plínio Marcos, a peça “Cortiço dos Anjos”, conta a história de quatro personagens que vivem no cortiço da Lady Domanna, uma velha travesti, saudosa dos seus tempos de glória e boemia no “Beco do Italiano”.

O espetáculo infantil “De Toda Cor?” narra a história de uma menina com vitiligo que sofre preconceito. Cansada de ouvir apelidos maldosos na escola e de não receber a devida atenção dos pais, ela sai em uma jornada à procura de um mundo onde tudo e todos sejam iguais.

A palavra fragmento tem o significado de pedaço de um objeto que foi partido, desfeito; pedaço. Parte extraída de um livro, de um discurso, manuscrito; excerto. Seção menor que faz parte de um todo; fração. No palco, o espetáculo “Fragmentos” mostra que a vida é feita de pedaços, momentos, rompantes, mas caímos levantamos e nos fragmentamos em busca de um todo.

“Cesariana” é o desenrolar de um novelo de recordações, ocasionado por um incidente, que induz um sujeito a interrogar-se sobre sua relação conflituosa com um membro de sua família. Que barreiras construímos diante do medo de nos tornarmos um reflexo do outro? Equilibrando-se entre realidade e ficção, o trabalho é ambientado no “teatro performativo”.

Serviços

 24/1

Viola no Trilho

Viola no trilho (MG)

Horário: 20h

Local: Teatro do Centro Cultural Usiminas

Duração: 1h40 | Classificação: livre

Ingresso: R$ 30 (inteira) | R$ 15 (meia) | R$ 15 (ingresso solidário)

25/1

Cortiço dos Anjos

Trupe Iá Pocô (ES)

Horário: 20h

Local: Teatro do Centro Cultural Usiminas

Duração: 1h20 | Classificação: 18 anos

Ingressos: R$ 30 (inteira) | R$ 15 (meia) | R$ 15 (ingresso solidário)

 

26/1

De Toda Cor?

Ecoar – Espaço Cultural Ofício e Arte (MG)

Horário: 17h

Local: Teatro do Centro Cultural Usiminas

Duração: 1h | Classificação: livre

Ingressos: R$ 30 (inteira) | R$ 15 (meia) | R$ 15 (ingresso solidário)

26/1

Cesariana

Ecoar – Espaço Cultural Ofício e Arte (MG) | Teatro / Drama

Horário: 20h

Local: Palco do Teatro do Centro Cultural Usiminas

Duração: 1h15 | Classificação 12 anos

Ingresso: Ingressos: R$ 30 (inteira) | R$ 15 (meia) | R$ 15 (ingresso solidário). Limitado a 120 lugares.

26/1

Fragmentos

Orfeu Cia. De Dança (MG)

Horário: 19h

Local: Teatro Zélia Olguin

Duração: 45 min | Classificação: livre

Ingressos: R$ 30 (inteira) | R$ 15 (meia) | R$ 15 (ingresso solidário)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite o seu comentário!
Digite o seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.