A Escola IMETT (Instituto Municipal de Educação Técnica de Timóteo) está em contagem regressiva para o desfile cívico do dia 7 de Setembro na cidade.  Este ano, como parte do projeto da Secretaria de Educação e Cultura, de promover o resgate do folclore e dos valores culturais de Timóteo, a escola buscou valorizar a Associação dos Poetas e Escritores do Município de Timóteo (APEMT) e realizar uma homenagem à escritora e poetisa Zaíra de Carvalho, fundadora da entidade.

Os alunos do 6º ao 9º participaram de uma conversa com a escritora, com o diretor da APEMT, Carlos Magno, e  outros membros da entidade nesta segunda (03) e terça-feira (04), na quadra da escola.

“A equipe pedagógica decidiu prestar essa homenagem pela contribuição à formação de nossos alunos ao longo da sua jornada como professora e à área cultural com seus vários livros, inclusive documentários sobre a história da cidade”, destaca a diretora do IMETT, Ana Paula Correia de Araújo, frisando que a história da escritora se entrelaça com a do IMETT, onde foi professora de literatura por vários anos e se aposentou.

Durante o desfile do 7 de Setembro, o IMETT apresentará a trajetória de vida de Zaíra de Carvalho, com destaque para a sua produção literária, que inclui livros infantis, romances e documentários. “Percebemos que Zaíra tem a sua vida dedicada ao incentivo pelo gosto da leitura e a formação de novos escritores”, comenta a diretora.

Além de atuar na área literária, Zaíra de Carvalho é reconhecida por seu trabalho social, tendo sido fundadora do Lar das Meninas Joanna de Ângelis, que atendia crianças em situação de vulnerabilidade social. A instituição não existe mais, mas Zaíra mantém seu espírito de voluntariado sobretudo em defesa das crianças e jovens.

Nascida na Fazenda do Alegre/Timóteo em 1936, na época pertencente ao município de Antônio Dias, Zaíra graduou-se em Letras pela Universidade do Trabalho (atual Unileste) em 1969. Em 2016, a escritora lançou sua 13ª obra, com o título “História de Timóteo”, no qual registra a participação da comunidade na construção da cidade.  O livro é fruto de uma pesquisa bibliográfica abrangendo o período de 1835 a 2013.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite o seu comentário!
Digite o seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.