foto ilustrativa

A Comunidade Compartilhar junto à Liga Empreendedora do Vale do Aço, LEVA, realiza no dia 27 de fevereiro, terça-feira o segundo Compartilhar Talks de Empreendedorismo, no Auditório Padres do Trabalho do Centro Universitário do Leste de Minas, Unileste.

O evento reúne estudantes e empresários do Vale do Aço para discussões relevantes a respeito do relacionamento entre empresas e os veículos de comunicação. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do link https://goo.gl/MC5xoj.

O encontro irá abordar temas importantes a respeito da reputação e potencialização de um negócio, como a harmonia com a imprensa deve ser ponto central da elaboração do plano de marketing. Nesse contexto, serão debatidos três tópicos relevantes no evento: Empreendedor: como usar a imprensa a seu favor; Assessoria de Imprensa para o desenvolvimento de negócio; como evitar que a reputação da empresa seja afetada por conta de Fake News.

Manter um bom relacionamento com a imprensa tornou-se uma exigência para profissionais e empresas preocupados com sua imagem, competitividade e credibilidade. Um aspecto importante do relacionamento entre empresa e imprensa é que o empresário vê o jornalista como um potencial “inimigo”, principalmente por causa das perguntas feitas pelo profissional.

Comunicação social

Ora, o dever do jornalista é presar pela informação completa, a notícia verdadeira, para que possa elaborar sua matéria com precisão e riqueza de detalhes. O importante e fundamental é que o relacionamento entre os comunicadores e empresários seja de confiança, para que os dois possam ser beneficiados.

O desenvolvimento da carreira em comunicação social, para o jornalista ou publicitário, perpassa pelo marketing de relacionamento com empresas e instituições empreendedoras. Por serem formadores de opinião também deve ser foco manter um bom relacionamento com as marcas, agregando novas conexões e networking, além de aperfeiçoar as práticas profissionais.

O objetivo principal do evento é fomentar a cultura empreendedora no ambiente universitário. Além disso, incentivar a interação entre mercado e universidade que é parte fundamental na expansão do pensamento empreendedor no meio acadêmico. Já no âmbito do pensamento a longo prazo, a inovação e a tecnologia devem fazer parte do cotidiano dos universitários. Tornando-se, assim, cada vez mais um assunto presente e relevante dentro das instituições e da vida egressa dos estudantes.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite o seu comentário!
Digite o seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.