Uma densa neblina cobriu o Vale do Aço na manhã desta terça-feira (12). Quem acordou cedo para trabalhar, ir à escola ou para caminhar, percebeu o fenômeno comum para essa época do ano.

PMT_trabalho_e_seriedade_novembro-2
PMT_trabalho_e_seriedade_novembro-1

Segundo o Climatempo, os termos neblina e nevoeiro são sinônimos, porém, o nome técnico é nevoeiro. Neblina é o nome popular. O nevoeiro é um fenômeno meteorológico que causa grande redução da visibilidade horizontal, aquilo que você consegue ver no horizonte a olho nu. Quando o nevoeiro está presente em um lugar, a visibilidade horizontal fica reduzida para menos de mil metros.

 

Tecnicamente o nevoeiro é a umidade que se condensa próximo do solo. São gotículas de água extremamente pequenas e que ficam em suspensão perto da superfície. A umidade relativa do ar precisa estar acima de 90% para que ocorra a formação do nevoeiro. Vento fraco ou calmaria (falta de vento) é outra condição importante para a formação do fenômeno.

Previsão

Com o inverno previsto para começar no dia 21 deste mês, essa época de fim de outono, conhecida como solstício de inverno, já derrubou as temperaturas em diversas regiões do Brasil.

Em Ipatinga, até sexta-feira, as temperaturas devem variar entre os 18° e os 32°, com pancadas de chuva a partir de sexta.

Em Timóteo, que recebe a Expo Inox neste fim de semana, a previsão é que as temperaturas variem entre 17° e 34°, também com chuva fraca, entre 2mm e 4mm, a partir de sexta-feira.

Em Coronel Fabriciano, mínimas chegam aos 17° e máximas, 34°, com chuva fraca durante o fim de semana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite o seu comentário!
Digite o seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.