O chefe do Executivo traça diretrizes para criação de emprego e renda
O chefe do Executivo traça diretrizes para criação de emprego e renda

Fomentar o empreendedorismo para estimular o desenvolvimento econômico municipal. Com o objetivo de alcançar esta meta, o prefeito Nardyello Rocha se reuniu, nesta terça-feira (24), com os servidores das secretarias municipais de Turismo e Desenvolvimento Econômico e Cultura, Esporte e Lazer.

A intenção é traçar as novas diretrizes que o poder público adotará para potencializar a geração de emprego e renda. O encontro aconteceu no Centro de Qualificação Profissional, conhecido como Estação Qualifica, no centro da cidade, após a visita do chefe do Executivo às instalações. O atual governo avalia melhorias a serem incrementadas na Central, visando ampliar o serviço já ofertado.

Na prática, as ações serão voltadas para ampliação da oferta de cursos, desde as modalidades de qualificação inicial básica até a formação técnica de mão de obra demandada pelo mercado de trabalho. Outro destaque é para o projeto que pretende aquecer a economia por meio do turismo rural. Além disso, as propostas contemplam a implantação de um programa de educação empreendedora dentro das escolas da rede municipal.

Em sua fala, o prefeito Nardyello Rocha reforçou o compromisso de criar alternativas que facilitem a vida do cidadão e o trabalho do empreendedor local. “Nós queremos dinamizar, simplificar processos para que as micro e pequenas empresas cresçam, se tornem robustas e mais competitivas”, enfatizou.

Inovação na área pública

Com apenas 24 dias de inauguração, a Sala Mineira do Empreendedor é exemplo de um serviço público no município implantado com apoio da iniciativa privada. Entre outros benefícios, ela vem viabilizando a formalização do pequeno empresário, desburocratizando a concessão do alvará de funcionamento, prestando orientações, além de oferecer capacitações que favorecem o desenvolvimento de empreendimentos.

Para que se tenha uma ideia de sua importância, nada menos do que 295 empresas já se instalaram formalmente no mercado local por meio da Sala Mineira do Empreendedor. Em curto período de tempo, mais de mil atendimentos ao público já foram realizados, desde registros de empresas a capacitações e consultas de viabilidade de negócios.

Estação Qualifica

Já a Central de Qualificação e Empreendedorismo registrou, somente neste ano, a preparação profissional de mais de 3.500 pessoas. Por meio de parcerias com instituições privadas, cursos e treinamentos com variadas cargas horárias, muitos têm sido inseridos no mercado de trabalho.

Muitas empresas utilizam atualmente o espaço da Estação Qualifica para realizar processos seletivos com candidatos captados pelo Sine – Sistema Nacional de Empregos, também gerido pela Prefeitura. A repartição também cumpre de forma positiva o papel de atrair os empresários locais, subsidiando-lhes mão de obra capacitada com o objetivo de gerar crescimento para seus negócios.

Somente este ano, mais de 440 vagas de empregos foram divulgadas pelo Sine de Ipatinga, gerando, 113 contratações no mercado de trabalho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite o seu comentário!
Digite o seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.