O novo esquema de estacionamento rotativo em Ipatinga deve funcionar a partir de janeiro, segundo divulgação da administração municipal de Ipatinga. A ordenação do uso das vagas de estacionamento no Centro de Ipatinga e demais polos comerciais é uma reivindicação constante da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviços de Ipatinga (Aciapi) junto à Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Ipatinga, devido os prejuízos causados com a ausência de um sistema de estacionamento.

O presidente da Aciapi, Cláudio Zambaldi, destaca que o estacionamento rotativo promove uma melhor divisão no uso das vagas. “Muitos consumidores desanimam de ir às ruas para fazer compras, pela dificuldade que se tem em achar vagas para estacionar. Sem o esquema do rotativo, diversos usuários ocupam as vagas por muitas horas seguidas, restringindo a possibilidade de mais pessoas utilizarem estes espaços e, com isso, menos clientes circulam nos polos comerciais da cidade”, analisa Cláudio.

AD_pracinha300x250-01
AD_Plano_Diretor_300x250-01

O presidente da CDL de Ipatinga, José Carlos de Alvarenga, ainda ressalta que com a implantação do sistema, também haverá a inibição de parte dos ambulantes. “É muito comum vermos ambulantes com veículos estacionados em vagas que são destinadas aos consumidores. A CDL e a Aciapi acreditam que a efetivação do sistema rotativo irá afastar estes vendedores irregulares. A implantação do estacionamento rotativo é uma forma de dar mais oportunidade ao próprio consumidor para achar uma vaga próxima ao estabelecimento comercial que ele deseja realizar a compra de algum produto ou serviço”, pontua José Carlos.

A administração do novo sistema do estacionamento rotativo no município será da empresa Área Azul Central Park Ltda. A empresa tem concessão para explorar o serviço para os próximos 10 anos, conforme publicado no Diário Oficial do Município nesta semana.

O novo sistema de Estacionamento Rotativo em Ipatinga será online e em tempo real. O usuário irá baixar um aplicativo no celular por meio das lojas virtuais, fazer um cadastro e adquirir créditos referentes aos valores. O ticket custará R$ 2 a hora. Quem não tiver acesso a celular poderá comprar os créditos em lojas credenciadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite o seu comentário!
Digite o seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.