O vereador Marcos da Luz (PT), o vereador Sandro Araújo (PPS) e moradores dos bairros Nossa Senhora do Carmo e Nossa Senhora da Penha, participaram na tarde de ontem (quinta-20) de uma manifestação na agência da Copasa em Coronel Fabriciano. Eles acionaram a Polícia Militar para o registro de ocorrência devido a falta de água nas duas comunidades e também em outros bairros.

Ao longo da semana diversas reclamações chegaram aos gabinetes dos dois vereadores na Câmara Municipal, dando conta do desabastecimento em vários bairros da cidade. Marcos da Luz encaminhou notificações à Copasa requerendo imediato restabelecimento do fornecimento de água para os bairros Pomar, Nova Tijuca, Pedra Linda, Sílvio Pereira II, Nossa Senhora do Carmo e da Penha.

Na opinião do parlamentar, o abastecimento de água com qualidade é um direito básico e bem de consumo essencial, do qual não podem prescindir os cidadãos. “Segundo o Código de Defesa do Consumidor, as concessionárias como a Copasa e Cemig são obrigadas a fornecer serviços adequados, eficientes, seguros e contínuos, o que infelizmente não vem ocorrendo em nossa cidade”, enfatiza.

Ele também criticou a Prefeitura Municipal, poder concedente responsável pela fiscalização do contrato de concessão e aplicação de sanções à Copasa: “a Administração Municipal simplesmente cruzou os braços e está omissa diante desta problemática toda”, salienta. “Como a população vai passar o final de ano, neste calor todo e sem água até para fazer comida? É lamentável esta situação”, afirma.

Por fim, Marcos da Luz afirmou que caso não haja nos próximos dias uma solução definitiva por parte da empresa ele irá acionar a Justiça para garantir o direito da população, devendo a Copasa ser compelida a cumprir as obrigações legais e contratuais, bem como a reparar os danos causados, na forma prevista no Código do Consumidor.

1 COMENTÁRIO

  1. Valeu mais vip que vocês façam um jornalismo comprometido com a verdade é não percam o foco, como os outros perderam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite o seu comentário!
Digite o seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.