Search
Close this search box.

Hurb terá 48 horas para comprovar condição financeira para venda de pacotes

Hurb terá 48 horas para comprovar condição financeira para venda de pacotes
Imagem: Reprodução / web
WhatsApp
Facebook
LinkedIn
Twitter
Telegram

Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) cobra explicações da empresa; clientes relataram problemas com reservas, voos e hospedagens

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), órgão do governo federal, deu um prazo de 48 horas para que a agência de viagens Hurb (ex-Hotel Urbano) comprove que tem condições financeiras para cumprir com as vendas de pacotes de viagens a seus clientes.

A medida foi publicada na edição desta sexta-feira (28/4) do Diário Oficial da União. Em caso de descumprimento, a Hurb terá de pagar uma multa diária que pode chegar a R$ 50 mil, além de ter suas atividades suspensas.

O procedimento administrativo de investigação sobre as atividades da Hurb foi aberto depois de o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) encaminhar um relatório à Senacon a respeito da venda de pacotes de viagens por parte da empresa durante a pandemia de Covid-19.

De acordo com o DPDC, a Hurb vendeu pacotes “sem se preocupar em reunir condições efetivas ou lastro financeiro para cumprimento das suas obrigações contratuais correspondentes”.

 

 

 

 

 

Para mais notícias clique aqui. Nos siga nas redes sociais! @maisvipoficial

Fonte: Metrópoles

COMPARTILHE:

publicidade