Search
Close this search box.

Guerrilheiros colombianos usam TikTok para recrutar crianças

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
Twitter
Telegram

Guerrilheiros colombianos já recrutaram mais de 150 crianças pela rede social apenas neste ano 

A agência de notícias BBC investigou um aumento no número de vídeos de “recrutamentos” no Tik Tok de guerrilheiros colombianos. Nesse sentido, grupos dissidentes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), estão por trás dos vídeos.

Este aumento acontece durante a ausência de um acordo de paz e estes grupos dissidentes.

“Um ou dois dão início à trend, e ela se torna moda na sala de aula”, diz Lorena (nome fictício), uma professora de 30 anos da região rural de Cauca, no sul da Colômbia.

De acordo com a professora, é comum que ela entre na sala de aula e veja alguns alunos se filmando com celulares, desenhando símbolos inspirados nas Farc no quadro-negro. Além disso, eles também dançam e cantam músicas revolucionárias.

Costumava ser mais secreto…Tornou-se completamente normalizado”, disse numa entrevista à BBC por Zoom. “Infelizmente basta um ou dois (alunos) começarem a ver os vídeos (no Tik tok) em sala de aula e vira moda.”

A professora conta que, pouco tempo depois de postarem os vídeos, alguns alunos desaparecem. Em seguida, podem ser vistos usando uniformes de guerrilha e armas.

Naquela região, m Cuaca, muitas crianças e adultos cresceram rodeados pelas Farc, que estão lá desde 1964.

Em seu auge, o grupo chegou a ter mais de 20 mil integrantes. Porém, após um acordo de paz com o governo, o grupo de desmobilizou em 2016.

As facções dissidentes uniram-se e formaram o Estado Mayor Central (EMC), que pode conter mais de 3 mil membros.

Foto destaque: Reprodução/Sebastian Marmolejo

Para mais notícias clique aqui e também nos siga nas redes sociais @maisvipoficial

COMPARTILHE: