O apresentador do SBT Danilo Gentili, foi condenado a pagar R$10 mil ao deputado do RJ, Marcelo Freixo, em ação judicial. Ano passado, Danilo Gentili usou a rede social para chamar Marcelo Freixo de “bandido, machista, agressor de mulheres, líder dos black blocs e assassino”.

A juíza, Rafaella Avila Felippe, da 50ª Vara Cível do Rio, profere na sentença:”as postagens ora impugnadas não denotam um conteúdo humorístico, suave, com intuito apenas de levar o humor ao público e seguidores do réu. Pelo contrário, possuem um tom agressivo, ofensivo e provocador”. A Juíza ainda diz que Gentili ultrapassou a o limite da liberdade de expressão, ofendendo a honra e a imagem do autor do processo, Marcelo Freixo.

AD_pracinha300x250-01
AD_Plano_Diretor_300x250-01

A defesa de Gentili afirma que a postagem foi baseada em fatos amplamente noticiados pela imprensa e que o apresentador usou de tom “irônico” para comentar os fatos.

A principio Marcelo Freixo pediu R$100 mil no processo por danos morais, mas o valor sentenciado foi de R$10 mil.

Na noite de segunda-feira 26, o apresentador esteve no “Programa do Porchat”, na TV Record, para divulgar seu novo filme: “Os Exterminadores do Além contra a Loira do Banheiro” que tem no elenco: Murilo Couto, Leo Lins, Dani Calabreza, Jean Paulo Campos e Matheus Ueta.

Mas o destaque ficou para o que Danilo disse sobre o humor crítico que fará ao presidente eleito Jair Bolsonaro: “Vou continuar zoando o Bolsonaro de presidente e, se ele mandar, eu vou continuar metendo o pau”.

Danilo também relembrou os tempos em que era repórter do extinto programa da Band CQC: “Era muito estressante, era matar um leão por dia. Às vezes as pessoas não acreditam em você. Hoje é muito mais prazeroso fazer isso que no início”.

Por TV Foco

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite o seu comentário!
Digite o seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.