Infoglobo

Em entrevista ao TV Fama, da Rede TV, a atriz Fernanda Montenegro anunciou que pretende tirar um período sabático da carreira em 2020.

“Espero descansar um pouco. Este ano eu trabalhei muito. Foi um dos anos em que eu mais trabalhei. Fiz três filmes (A Vida Invisível, O Juízo e Piedade), fiz novela (A Dona do Pedaço), documentário, lançamento do livro (Prólogo, Ato, Epílogo) e aí fiz 90 anos, houve festa. Fiz leituras do Nelson Rodrigues pelo Brasil”, afirmou.

Apesar do descanso, a dama da dramaturgia brasileira rechaça a possibilidade de se aposentar num período breve. Ela endossou que segue em atividade e vai aceitar atuar em personagens que considere importantes. “Se aparecer algum trabalho que me toque, eu vou e faço”.

Liberdade de expressão

De opinião sempre relevante no debate público, Fernanda Montenegro condenou a forma como o atual governo federal trata as questões relativas à gestão da Ancine, acusando de censura e chamando a atual diretoria da agência de “assassina”. “Nós somos imorredouros. Nós sobrevivemos uma vez. Desta vez, é uma forma assassina. Se eles pudessem estaríamos todos num paredão e eles atirando em nós com metralhadoras”, conta.

Grito de liberdade

Em outubro deste ano, Fernanda Montenegro foi ovacionada pela plateia do Theatro Municipal de São Paulo, durante o Festival Mário de Andrade – A Virada do Livro, onde ela lançou sua biografia, Prólogo, Ato, Epílogo, escrita com jornalista e biógrafa Marta Góes. Ela arrancou aplausos do público quando declarou que nenhum sistema de censura vai calar os artistas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite o seu comentário!
Digite o seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.