Search
Close this search box.

MAIO LARANJA

Foto: Fernanda Nunes
WhatsApp
Facebook
LinkedIn
Twitter
Telegram

Dia 18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A campanha “Maio Laranja” é uma iniciativa que busca dar visibilidade a esse assunto.

 

A escolha desta data não foi por acaso. Neste dia, em 1973, uma menina de 8 anos, de Vitória/ES, foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada. Infelizmente, até hoje esse crime permanece impune. Devido à repercussão do caso e a forte mobilização do movimento em defesa dos direitos das crianças e adolescentes, 18 de maio foi instituído pela Lei nº 9.970/2000 como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

 

De acordo com o Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania, nos quatro primeiros meses de 2023 foram registradas, ao todo, 69,3 mil denúncias e 397 mil violações de direitos humanos de crianças e adolescentes, das quais 9,5 mil denúncias e 17,5 mil violações envolvem violências sexuais físicas – abuso, estupro e exploração sexual – e psíquicas. O aumento é de 68% em relação ao mesmo período de 2022. Lamentavelmente, o local que deveria ser de proteção e acolhimento se torna o pior cenário: na casa da vítima, do suspeito ou de familiares ocorreram quase 14 mil violações.

 

Os danos causados por essas violações atingem drasticamente a vida das vítimas. Os reflexos na saúde física e emocional dessas crianças e adolescentes – e nos futuros adultos – são imensuráveis. Embora seja possível observar maior participação da sociedade na mobilização e denúncia, ainda há uma subnotificação muito grande em nosso país em relação aos crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes. É extremamente necessário falarmos cada vez mais sobre o assunto, divulgar e fortalecer os canais de denúncia. É nosso dever enquanto sociedade estarmos atentos ao que acontece ao nosso redor, buscando sempre o cuidado e proteção com nossas crianças e adolescentes.

 

Para denúncias, disque 100.

 

Larissa Souza e Silva

Psicóloga – CRP 04/53514

Pós-Graduada em Saúde Mental, Psicopatologia e Atenção Psicossocial

@larissasouzapsi

[email protected]

COMPARTILHE:

publicidade