Search
Close this search box.

Brasileiro comandará Interpol pela primeira vez

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
Twitter
Telegram

O brasileiro pode ser a primeira pessoa de um país em desenvolvimento a comandar a organização

Nesta terça-feira (25), o Comitê Executivo da Interpol realizou uma eleições para definir o próximo Secretário-Geral da organização. Nesse sentido, houve a indicação do delegado brasileiro da Polícia Federal, Valdecy Urquiza.

Dessa forma, a ratificação da indicação do comitê deve acontecer em novembro, pela Assembleia Geral da Interpol. Assim, essa será a primeira vez que uma pessoa de um país em desenvolvimento estará na frente da organização, que tem 100 anos.

Atualmente, o brasileiro ocupa o cargo de Diretor de Cooperação Internacional da Polícia Federal e, além disso, possui experiência na cooperação policial internacional.

Desde 2021, Valdecy está no mandato de Vice-Presidente para as Américas do Comitê Executivo da Interpol. Anteriormente, ele atuou como Diretor Adjunto para Comunidades Vulneráveis, também da organização, entre 2018 e 2021.

De acordo com a Polícia Federal, esta eleição reflete a alta prioridade que atribui-se pelo governo brasileiro ao combate ao crime organizado para além de suas fronteiras.

“Representa, ademais, o reconhecimento, pela comunidade internacional, do profissionalismo e da competência da Polícia Federal brasileira no enfrentamento à criminalidade, bem como de sua relevante contribuição ao trabalho da Interpol”, informou a corporação por meio de nota assinada em conjunto com o Ministério das Relações Exteriores.

Foto destaque: Reprodução/Gesival Nogueira Kebec

Para mais notícias clique aqui e também nos siga nas redes sociais @maisvipoficial

COMPARTILHE: